segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A sociedade literária e a torta de casca de batata



Há alguns anos minha mãe me trouxe anotado em um papel o nome de um livro com um título engraçado. Sugestão de uma conhecida que sabia como ela gostava de ler. O papel se perdeu, mas a casca de batata ficou gravada como algo inacabado.

2014 nos encontramos. O que dizer? Apaixonante. Um livro tão fofo que me despertou a vontade de entrar nas suas páginas e abraçar vários dos personagens. Sim, eu me apaixonei por Juliet e a sociedade literária.

Único livro da autora Mary Ann Shaffer, em conjunto com a sua sobrinha Annie Barrows, A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata é o tipo de história para se deixar envolver. Não foram raras as vezes que me senti uma amiga íntima dos personagens. Eu ri e chorei com eles. Sim, por um breve momento eu morei em Guernsey.

Narrado em forma de cartas, pelo estilo de escrita é possível ver a personalidade de cada um. Leve, rápido e direto, é uma leitura fácil e difícil de largar. E finaliza-la não foi uma ação feliz.

No pós-guerra, Juliet, uma escritora que vez sucesso com colunas leves em um jornal londrino, está em turnê para divulgar o seu livro. Enquanto busca uma ideia para uma nova história, recebe uma carta de Dawsey Adams pedindo ajuda para encontrar um livro de Charles Lamb. Desta forma ela toma conhecimento da sociedade literária, criada na urgência de escapar da punição dos alemães, que estavam ocupando o local no período.

O que começa com um simples pedido de informação, acaba se tornando um meio de contato, e Julie consegue trocar cartas com vários membros da sociedade, inevitavelmente ela resolve conhece-los, e todos se tornam irremediavelmente ligados.

Uma história de risos e lágrimas, perdas e ganhos, corajosos e invejosos. Delicioso para os que amam literatura. Um livro que entra na mente e no coração, e nos faz lamentar a morte da escritora, que não irá mais nos oferecer outras obras assim, ao mesmo tempo em que nos faz agradecer por nos deixar essa preciosidade.


A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata
The Guernsey Literary and Potato Peel Pie Society
Mary Ann Shaffer e Annie Barrows
Tradução Léa Viveiros de Castro
Editora Rocco

2008 – 303 páginas