sábado, 14 de novembro de 2009

A Linha de Sombra

Um jovem oficial resolve deixar o navio a que pertence apenas para voltar para casa. Perdido sobre o que quer realmente para sua vida, vê cair em suas mãos o objeto de desejo de qualquer homem do mar: o comando de seu próprio navio.

Quando Joseph Conrad torna o seu protagonista capitão de um navio infestado pela doença e inexplicavelmente preso pelo mar, o autor passa a narrar as etapas (e dificuldades) do amadurecimento pessoal e profissional do rapaz.

A Linha de Sombra é uma soma de dificuldades para quem lidera uma equipe pela primeira vez, com o agravamento de não ter nenhum preparo. Qualidades naturais, dor, culpa, se misturam, fazendo surgir cicatrizes invisíveis.

Um livro curto, mas bastante envolvente, indicado principalmente para os que possuem ambição em serem líderes, pois a tripulação adoecida é muito parecida com às equipes de trabalhos da atualidade.

Nenhum comentário: