domingo, 13 de março de 2011

Laços de Fogo

Primeiro volume da Triologia da Fraternidade, Nora roberts apresenta os conflitos familiares na visão de uma jovem artista.

Maggie Concannon transforma vidros em esculturas, quando começa a vender suas primeiras peças, perde o pai, grande incentivador e sonhador. Antes de sua morte, ele a faz prometer que irá cuidar de sua irmã caçula e de sua mãe, por quem Maggie possui um grande desafeto. O sucesso de suas esculturas irá abrir as portas da fortuna e trarão a tona algumas verdades familiares.

Naruralmente existe o romance, item obrigatório dos livros de Nora Roberts, mas o interessante nesta história é ver a mágoa e o relacionamento entre mães e filha, laços que tradicionalmente são fraternos e cheios de amor. Por isso é possível disser que a personagem de Maggie coloca forma ao desprezo em relacionamentos onde o filho não é desejado e muito menos amado.

Em uma trama de diálogos diretos, algumas vezes amargos, o fogo encontra-se apenas no temperamento e na arte de Maggie. Mas... como esse é o primeiro livro de uma triologia, é necessário ler os demais para saber que forma a barreira familiar irá tomar.

Nenhum comentário: