domingo, 26 de abril de 2009

Renegado

Esse livro é a história de amor entre o ex-merceário e atual chefe de polícia da cidade de Jacobsville, Cash Grier, e da modelo/atriz Tippy Moore, jovem que foi estuprada pelo padrasto e que pagou cinqüenta mil dólares para ter a guarda do irmão mais novo.

O ponto inicial é o encontro dos dois na época de natal. Onde Tippy seduz Cash e engravida. Cash retorna ao Texas e Tippy, as filmagens de um filme. Em uma cena, ela cai e perde o filho. Cash só fica sabendo da gravidez pelos tablóides sensacionalistas, e passa a odiar a ex-amante, achando que o abordo foi proposital, já que sua ex-esposa já havia tirado um filho seu.

O padrasto de Tippy seqüestra o seu irmão, sem dinheiro, essa pede ajuda a Cash que se nega ouvi-la. Sua única saída para salvar o irmão é trocar de lugar com ele. Solto, o irmão consegue avisar Cash, que salva a mocinha, mas ela está bastante ferida e magoada.

Achou que estava no fim? Não. O detalhe é que já temos todo esse dramalhão e não estamos nem na metade do livro. Renegado se puxa nas tragédias, mas possui vários fios soltos. Percebe-se que existem histórias anteriores, mas na página dois não são listados livros publicados anteriormente pela escritora, e sim outras obras da editora.

Aliás, na página dois encontram-se os primeiros problemas de ortografia e descuido com o livro (que pode chegar a custar mais de quarenta reais) onde o romance Volta ao Lar vira Vota ao Lar.

Quando aos fios soltos, é necessário investigar os romances de banca, pois Renegado pertence a uma série chamada “Homens do Texas”, publicadas pela própria editora nesse segmento. O que ocorreu é que várias leitoras, fãs dos romances de Diana Palmer, enviaram inúmeros pedidos solicitando a história de Cash Grier (que aparecia em diversas histórias da série) e a editora Harlequin Books aproveitou o filão e lançou como best-seller em livrarias, só que esqueceu de colocar um aviso para os outros leitores que não a acompanhavam.

Renegado pode ser uma excelente opção para quem curte um dramalhão mexicano e está disposto a procurar os demais livros da série para entender que tipo de paixão Crash teve por outra personagem, ou o que Tippy aprontou na primeira vez que esteve em Jacobsville, caso contrário, é recomendável que se mantenha distância do mesmo.

4 comentários:

Livros de Bia disse...

Gosto muito de Diana Palmer e já ouvi maravilhas sobre esse Cash Grier!!!

Bjs

Débora Lauton disse...

Valeu pela dica... vou primeiro dar uma sapeada pelos outros livros da série antes de ler este...

bjs

Angela Dal Pos disse...

Já eu, acho que vou ficar longe desse livro. Tenho uma lista grande bem interessante na frente, antes de sair pesquisando a série. Valeu a dica!

Kelli Pedroso disse...

Vou deixar esta obra fora da minha lista. Obrigada, Andrea!