domingo, 24 de julho de 2011

Como Água para Chocolate



Tita é a filha mais nova e já nasceu com uma missão: cuidar de sua mãe para o resto de sua vida. Para fazer isso, ela não poderá casar ou ter os seus próprios filhos. O que pode ser uma explicação para ela chorar desde o útero materno. Mas na flor da idade, a menina que cresceu no meio dos temperos, conhece Pedro, e uma paixão mais forte que a razão os faz tomar decisões que irão mudar os seus caminhos e de todos os que estão a sua volta.

Laura Esquivel utiliza uma parente distante de Tita, mais especificamente a sua sobrinha neta, para narrar essa linda história de amor, em que os fatos são divididos por meses e receitas. De forma natural e gostosa, Como Água para Chocolate (Livraria Martins, 205 páginas) é cheio de fatos inusitados, que farão o leitor sorrir e chorar, principalmente com Tita, que nos comove ao lutar contra antigas tradições e transfere todos os seus sentimentos para as refeições que prepara, influenciando no comportamento daqueles que saboreiam os seus pratos.

O livro virou filme, e este conseguiu manter a elegância e beleza narrativa. Ambos merecem ser degustados, e para os que gostam de cozinhar, irão encontrar no livro várias receitas para testar.

Como Água para Chocolate é um dos meus livros favoritos, então eu mais do que recomendo entrar neste mundo cheio de histórias, tradições, cheiros e paixões.

Nenhum comentário: