sexta-feira, 15 de maio de 2015

Anna e o beijo francês


No último ano antes de ir para a faculdade, Anna é enviada para a França para estudar em uma escola destinada a filhos de americanos na capital francesa.

Sem falar Francês, ela chega tímida e amedrontada. Logo sua vizinha de quarto a inclui no seu grupo, cujo um dos participantes é o rapaz mais desejado pelas meninas da escola.

Apaixonada por cinema acaba carregando a todos, e entre toques e desabafos o amor irá aflorar, mas muitos capítulos, digo, obstáculos estão entre eles.

O livro é adolescente, com o seu mais do que natural final feliz. A parte interessante está no conflito dos pais separados, principalmente com a figura do pai.

Aliás, o grande protagonista é o pai de cada um. Ausentes, arrogantes, ciumentos, cada um influenciando o comportamento dos seus filhos, mesmo quando há uma enorme distância entre eles.

A segunda protagonista é a cidade de Paris. Entre cafés, caminhadas e filmes antigos estão seus locais históricos, seu charme e uma vontade de viver de outra forma.

Um livro para quem tem filhos adolescentes e gosta de discutir leituras, pois a história coloca na pauta vários assuntos que podem ser abordados com base nas experiências de Anna. Indo desde paixonites até bullyng. Passando pelo que você vai ser quando crescer, até as mudanças pré-universidade.

Anna e o beijo francês
Anna and the French Kiss
Stephanie Perkins
Tradução Fabiana Paganini de Andrade
Editora Novo Conceito
2010 - 288 páginas

Nenhum comentário: